sexta-feira, 30 de março de 2012

Marmeleiro




Olhando o Marmeleiro (Cydonia oblonga).
Pequena árvore originária do Centro e Sudoeste asiático, no entanto alguns autores consideram que esta espécie teve a sua origem na cidade de Cydon na ilha de Creta, tendo sido domesticada pelos Gregos em 700 A.C.
Trata-se de uma pequena árvore de folhas oblongas e caducas, flores alvas ou róseas e os frutos . os marmelos, quando maduros são amarelos e aromáticos, normalmente não são consumidos crus, mas cozidos, fazendo-se a marmelada.

terça-feira, 27 de março de 2012

Pernilongo




Olhando, no Ludo, o Pernilongo ou Perna - longa (Himantopus himantopus).
São aves aquáticas que possuem pernas extremamente longas, daí o seu nome, bicos longos retilíneos e finos, silhueta elegante,  com corpo, cabeça e pescoço brancos e asas pretas.
O seu habitat preferido são as salinas, alimenta-se basicamente de insectos aquáticos, bivalves, crustáceos, vermes, aranhas e alguns pequenos vertebrados, deslocando-se por vezes com água até às penas do ventre, podendo mergulhar a cabeça e pescoço quando captura as presas.
Ver mais informação aqui.

sábado, 24 de março de 2012

Traineiras




Olhando as Traineiras rumo à faina, no mar.
Traineiras são embarcações a motor com cerca de 15 a 20 metros de comprimento, são barcos de convés corrido, popa de painel arredondado e leme por dentro.
Possuem 2 mastros e cabina para o mestre. Têm a popa (parte traseira da embarcação) direita, para melhor trabalho com as redes. Normalmente são usadas na arte do cerco,  para a pesca da sardinha, cavala e carapau.
Ver mais informação aqui.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Larus cachinnans (Gaivota de pernas amarelas)





Olhando a Gaivota das pernas amarelas(Larus cachinnans)
São aves de médio e grande porte, um pouco maior que a gaivota de asa escura, têm o corpo branco, bico amarelo, onde sobressai a ponta vermelha, os olhos e as patas amarelas, o anel orbital é vermelho, têm três dedos dirigidos para a frente muitas vezes com membrana interdigital.
Muito semelhante à gaivota argêntea (Larus michahellis). Distingue-se pelo dorso um pouco mais pálido e pela menor quantidade de preto no bico e na ponta das asas.


quarta-feira, 21 de março de 2012

Dia Mundial da Poesia




Vento no rosto

À hora em que as tardes descem,
noite aspergindo nos ares,
as coisas familiares
noutras formas acontecem.

As arestas emudecem.
Abrem-se flores nos olhares.
Em perspectivas lunares
lixo e pedras resplandecem.

Silêncios. perfis de lagos,
escorrem cortinas de afagos,
malhas tecidas de engodos.

Apetece acreditar,
ter esperanças,  confiar.
amar a tudo e a todos
                                       António Gedeão, Movimento Pérpetuo (1956)


terça-feira, 20 de março de 2012

Flash mob em Faro



Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca.
Palavras de amor, esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto;
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas inesperadas
Como poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel abandonado)

Palavras que nos transporta
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

                   Alexandre O'Neill , No Reino da Dinamarca(1958)


video
Realizou-se,  hoje em Faro, no Jardim Manuel Bivar, uma das  atividades integradas na semana da leitura organizada pela rede de bibliotecas do concelho de Faro, um espectáculo de flash mob, poema de Alexandre O'Neill musicado por um aluno da Escola Secundária João de Deus e com a participação na coreografia de alunos de todas as escolas do concelho de Faro.

Primavera






Olhando, no campo, o despontar da Primavera, no caso a flor  da ameixeira (Prunus domestica).
Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa deu-se o Equinócio às 05,14 e que marca o início da primavera no hemisfério norte e do outono no hemisfério sul.
Equinócio: instante em que o Sol, no seu movimento anual aparente, corta o equador celeste. A palavra de origem latina significa "noite igual ao dia", pois nestas datas dia e noite têm igual duração.

sábado, 17 de março de 2012

Recordando Elis Regina (17.03.45 - 19.01.82)

Tatuagem

Quero ficar no teu corpo feito tatuagem
Que é pra te dar coragem pra seguir viagem quando a noite vem
E também pra me perpetuar em tua escrava
Que você pega, esfrega, nega
Mas não lava

Quero brincar no teu corpo feito bailarina
Que logo se alucina, salta e te ilumina quando a noite vem
E nos músculos exaustos do teu braço
Repousar frouxa, murcha, farta, morta de cansaço

Quero pesar feito cruz nas tuas costas
Que te retalha em postas mas no fundo gostas quando a noite vem
Quero ser a cicatriz risonha e corrosiva
Marca a frio, a ferro e fogo
Em carne viva

Corações de mãe, arpões, sereias e serpentes
Que te rabisca o corpo todo
Mas não sentes
                                             Chico  Buarque  y Ruy Guerra


Inconfundível e Impressionante.
São interpretações destas que animam a vida.


sexta-feira, 16 de março de 2012

Chaminé algarvia








"Há qualquer coisa de arábico nas chaminés algarvias, que lembram os minaretes.
Os árabes não usavam chaminés, mas, indirectamente, parece ter havido influência mourisca no Sul do País, quanto a elementos arquitectónicos e ornamentais".
                                                                      Cf. Leite de Vasconcelos, Opúsculos V, 492-494

quinta-feira, 15 de março de 2012

Inseto verde das plantas




Olhando o Percevejo verde das plantas (Nezara viridula)
São insetos sugadores das folhas, caules, flores e frutos. No ato da alimentação injectam toxinas nas plantas, causando assim prejuízos em vários tipos de culturas.
Quando se sentem ameaçados exalam um odor desagradável, daí que também sejam conhecidos como fede-fede.


quarta-feira, 14 de março de 2012

Ciência

Um estudo recentemente publicado pela Bird Conservation International mostra que o mau estado dos oceanos está a provocar um declínio na população mundial das aves que se alimentam no mar.
As principais ameaças no mar são causadas pela pesca comercial,  em terra,  a degradação do habitat,  os predadores e a perturbação humana.
Aqui no Algarve as zonas húmidas e lagunares continuam a ser o seu refúgio, exemplo disso a foto da Lagoa de S. Lourenço na Quinta do Lago ao lado do Ludo e em frente da Ria Formosa.
Para obter mais informação veja aqui

terça-feira, 13 de março de 2012

segunda-feira, 12 de março de 2012

Abelha






Olhando a Abelha (Apis mellifera),  a " abastecer-se" no rosmaninho e nas frésias.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Inseto vermelho e preto








Olhando o Lygaeus equestris

É um inseto de forma oval alongada e cor brilhante, vermelho e preto, cabeça vermelha e preto ,  pernas e  antenas pretas, possuem as asas plenamente desenvolvidas ,  pernas longas e poderosas.
Ao alimentarem-se dos ingredientes tóxicos das plantas são intragáveis para potenciais predadores, naturalmente por isso causam prejuízos nas plantas porque injectam toxinas no acto da sucção da seiva das plantas, no local da picada notam-se manchas,enfraquecendo-as, é muito visível no caso das tomateiras, local onde estes foram vistos.